G1: ONG que cuida de crianças com HIV no DF faz 'vaquinha' por carro 0km


Voltada ao cuidado de crianças e adolescentes com HIV em Brasília, a ONG Vida Positiva lançou campanha em redes sociais para arrecadar R$ 75 mil para comprar um veículo que transporte os atendidos para escolas e atividades extracurriculares. O carro da instituição foi roubado na quinta-feira (10) e encontrado no domingo, completamente “depenado” e sem chances de reutilização. Ele tinha quatro anos de uso. Medicamentos contra Aids que estavam no porta-luvas automóvel foram levados pelos ladrões.


Segundo a presidente da instituição, Vicky Tavares, no dia do roubo o motorista foi rendido pelos criminosos, que mantiveram a arma na cabeça dele por uma hora e meia antes de levar o veículo. Ela afirma que o grupo é especializado em desmanche de veículos e não levou nenhum objeto do condutor, que saiu ileso.


"Queríamos vender o carro, que estava com a gente desde 2012, e já tínhamos lançado uma campanha para complementar o valor para comprar um carro novo. Agora precisamos repor o carro, que é fundamental para a instituição", afirma Vicky.


Com a campanha, a ONG espera poder comprar um carro 0 km e pagar parte das dívidas que a instituição acumulou com o aluguel da sede, que fica na Asa Sul, e o pagamento de funcionários. A presidente da instituição não soube estimar qual é o valor total dos atrasados.


O veículo roubado tinha seguro e, ainda nessa semana, a instituição deve conseguir um carro reserva para transportar os pacientes de 140 famílias beneficiadas com as ações da ONG. A disponibilidade desse outro veículo, porém, será de apenas 15 dias.


A ONG usava o veículo para transportar crianças com deficiência e as cadeiras de rodas em percursos de mais de 30 quilômetros entre a casa e hospitais, escolas ou outras atividades que realizam e recebem suporte da instituição. Além disso, o carro era usado para entregar cerca de 2 mil lanches distribuídos por semana a pacientes cadastrados na ONG que realizam exames em hospitais da rede pública e precisam esperar até 12 horas em jejum.


Fonte: G1 - ONG que cuida de crianças com HIV no DF faz 'vaquinha' por carro 0 km. Nov/2016

3 visualizações0 comentário